Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

A recém-nascida que sobreviveu após levar dois tiros em ataque no Afeganistão

untitled-1

Por BBC

Uma bebê recém-nascida sobreviveu a um ataque a um hospital em Cabul, capital do Afeganistão, após levar dois tiros na perna.

A mãe de Amina havia acabado de dar à luz quando atiradores entraram no hospital, foram até a ala da maternidade e começaram a matar as mulheres e seus bebês que estavam ali.

Médicos dizem que mães são um alvo frequente de ataques extremistas no país.

O pai de Amina, Rafiullah, testemunhou tudo. Ele conta que chegou a falar com sua mulher no telefone e preferiu tranquilizá-la ao mentir, dizendo que a troca de tiros estava ocorrendo fora do hospital.

“Não queria que ela entrasse em pânico”, diz Rafiullah.

Quando ele encontrou sua mulher, ela já estava morta. Havia levado um tiro no coração e outro na perna. Suas mãos ainda pareciam segurar um bebê.

Amina foi tirada de sua mãe durante o ataque, mas foi recuperada e levada às pressas para a cirurgia.

O médico chegou a pedir autorização a Rafiullah para amputar a perna da bebê, mas seu pai pediu que isso não fosse feito.

“Ela não tem mãe e terá um futuro difícil”, disse ele ao médico. “Se ela não sobreviver, este será o nosso destino, mas, por favor, não faça a amputação.”

Felizmente, a cirurgia foi um sucesso, e o médico conseguiu salvar a perna de Amina. A expectativa é que ela consiga andar quando for mais velha.

Fonte: G1 

Deixe seu comentário:

Menu

Curta no Facebook