Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Fuja: O que acontece no final do filme de suspense na Netflix? Entenda

Compartilhe:
2577454

Por Amanda Brandão

Estrelado por Sarah Paulson, o longa tem um desfecho que deixou muita gente com pulga atrás da orelha.

 Paulson interpreta Diane, mulher que criou sua filha Chloe (a novata Kiera Allen) em total isolamento, controlando todos os movimentos que ela fez desde o seu nascimento. O que acontece é que claramente esse relacionamento não natural tem seus segredos que Chloe começa a investigar tudo o que está por trás dessa situação com a sua mãe.

Ao longo da história do lançamento da Netflix, cenas e reviravoltas conseguem criar muitas dúvidas e perguntas para o público que aguarda pela revelação dos segredos sombros da personagem de Paulson.

O final é ainda mais intrigante, apresentando mais uma história para quem está preso ao filme. Se você ainda não assistiu à Run (no original) na Netflix, esta matéria contém spoilers daqui para frente.

FINAL EXPLICADO DE FUJA, DA NETFLIX
O início do filme mostra Diane descobrindo que algo está errado com a bebê que ela acabou de dar à luz. Em seguida, se passam 17 anos e conhecemos Chloe, sua filha que está esperando por cartas de aceitação da faculdade e passando por um dia típico com Diane em casa.

De acordo com os títulos de abertura, Chloe convive com uma série de doenças: arritmia, hemocromatose, asma, diabetes e paralisia. Isso a coloca em uma cadeira de rodas e ela precisa de uma variedade diária de comprimidos.

Ao começar a suspeitar de um dos comprimidos Chloe começa uma verdadeira investigação. E então, ela descobre que, na verdade, não é filha de Diane mas sim foi roubada na maternidade e que algumas de suas condições são resultado de remédios que ela não precisaria tomar.

O que acontece é que a cena no início de Fuja não era Diane descobrindo sobre a condição de Chloe, mas sim era ela percebendo que sua filha estava morta. Ela então pegou o bebê de outro casal e criou Chloe como se fosse sua.

O filme ainda confirma que Chloe não tinha paralisia desde o nascimento e cabe a Diane, mas não está claro se Diane também causou o resto das doenças de sua filha. Ao que tudo indica, Diane parece ter a síndrome de Munchausen, uma forma de abuso em que um pai ou responsável exagera ou causa deliberadamente sintomas de doença na pessoa sob seus cuidados, como uma criança ou uma pessoa com deficiência.

“Diane foi vítima de terríveis abusos e negligência por parte de sua própria mãe e acho que de uma forma um tanto distorcida, mas inicialmente valente e provavelmente um pouco puro esforço para fazer a mesma coisa que nunca foi feita por ela, que foi dar o máximo cuidado e atenção para sua filha”, disse Paulson a Collider.

O QUE ACONTECE COM DIANE NO FINAL DO FILME?
Após Chloe conseguir se livrar de sua mãe abusiva, a cena dá a entender que Diane havia morrido. No entanto, ao se passarem sete anos, o longa mostra a filha indo visitar a mãe em um centro penitenciário para mulheres.

Sem surpresa, sua vida melhorou drasticamente desde que Diane foi pega. Chloe agora está casada com uma filha e se reconectou com seus pais verdadeiros, enquanto seu andar também melhorou.

Chloe conta tudo isso para Diane acamada e, em seguida, a vemos dando os mesmos comprimidos que Diane costumava dar a ela: “Eu te amo mãe, agora abra bem a boca.”

“Ela está a mantendo doente como não ameaçadora. Isso vem de um lugar em que ela foi traumatizada por essa pessoa. Ela quer ter um relacionamento com sua mãe e ela racionalizou isso para si mesma, sendo esta a única maneira ela pode se sentir segura perto da mãe”, explicou Allen sobre o final do filme.

“A única maneira de ela dar a ambos o que precisam é incapacitá-la, para que ela não seja mais um perigo… E quem não poderia argumentar que Diane não merece? Acho que é daí que vem a personagem e eu acredito que é assim que ela justificou para si mesma”, completou.

O final, portanto, pode ser uma vingança por tudo o o que passou ou também uma forma de continuar vendo a sua mãe. Fuja está disponível no catálogo da Netflix.

Fonte: Adoro Cinema  

Deixe seu comentário:

Menu

Curta no Facebook